integração sem posse


FOME COME

 

 

 

grafite na Rua Frederico Steidel - Centro / SP: autor desconhecido

por Gira



Escrito por integração sem posse às 22h03
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


 

COMUNA DA TERRA IRMÃ ALBERTA



MST convida para a inauguração do

Primeiro Assentamento da Reforma Agrária

do Município de São Paulo


12 de agosto de 2006, sábado


Programação

9h00 - Abertura e Feira da Reforma Agrária - MST Estadual

10h00 - Manifestações culturais


14h00 - Mística de inauguração

                                                                                                                                                                                        14h30 - Celebração Ecumênica - CPT

15h00 - Ato político de inauguração

16h00 - Bateria Gaviões da Fiel

18h00 - Encerramento


Como chegar

Pegar Rodovia Anhanguera sentido interior e
entrar à direita no primeiro retorno após o pedágio, no km 29.
Voltar até o km 27, entrar à direita na placa
"Chácara Maria Trindade"



 

Imagem: Gira / Horta da Escola Nacional Florestan Fernandes, do MST



Escrito por integração sem posse às 02h19
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


 

JUVENTUDE DO MSTC

CONVIDA

CINEMA POPULAR DA JUVENTUDE

FILME


Tobias 700

de Daniel A. Rubio


 
Quando o Prestes Maia foi ocupado pelo movimento sem-teto.



Neste sábado, 12 de agosto, às 19h00


Av. São João, 1495 - Metrô Santa Cecília

Entrada / Colaboração: R$ 1,00 (com direito a pipoca)


 
 
imagem: Antonio Brasiliano
 
por Mariana


Escrito por integração sem posse às 02h09
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


PASSEATA PELA PAZ NO LÍBANO E PALESTINA

 

No próximo domingo, 06/08, milhares de pessoas devem ocupar a Praça Oswaldo Cruz, a partir das 10 horas, e protestar contra o massacre promovido pelo Governo de Israel.

No aniversário de um dos maiores genocídios da história, a explosão da bomba atômica em Hiroshima, em 1945, no final da Segunda Guerra Mundial, milhares de brasileiros e árabes que residem na capital paulista prometem ir às ruas pedir paz. Uma grande manifestação está programada para acontecer no próximo domingo, 6/8, com concentração na Praça Oswaldo Cruz, perto do Metrô Paraíso. A passeata deve seguir pela Av. Paulista e Brigadeiro Luiz Antonio rumo à Av. República do Líbano, perto do Ibirapuera. Além disso, na próxima sexta-feira, 4/8, das 13h30 às 14h30, o comércio promete novamente fechar as portas, desta vez na Rua 25 de Março – no dia 28/7 foi a vez de o Brás protestar.

As iniciativas são do Comitê de Solidariedade aos Povos Árabes, que reúne uma série de entidades da sociedade civil, incluindo as que representam a comunidade árabe em São Paulo e no Brasil.
Diante da investida do Governo de Israel ao Líbano, iniciada em 12 de julho – que destruiu toda a infra-estrutura do País, fez milhares de vítimas e deixou 25% da população desabrigada e exilada – o comitê se formou e já realizou outro grande ato público, na Praça da Sé, no dia 21 de julho, que reuniu aproximadamente 2 mil pessoas.

Assim, os paulistas fazem coro às vozes que se erguem em todo o mundo e clamam pelo cessar-fogo imediato e incondicional e a reconstrução imediata do Líbano e Palestina, país cuja população vive sob ocupação militar israelense e constantes ataques.

Além disso, as manifestações visam chamar a atenção das autoridades nacionais para a tragédia na região e pressioná-las a tomar atitudes concretas contra as agressões e em favor da paz. Com esse intuito, o comitê exige que o governo brasileiro:

 

1) Oponha-se publicamente ao massacre do povo palestino e libanês, o que inclusive causou a morte de brasileiros e seus familiares;

2) Não firme o Tratado de Livre Comércio entre Mercosul e Israel;

3) Retire imediatamente o Embaixador do Brasil em Israel, sob forma de protesto;

 

Maiores informações:

Atendimento à imprensa: (11) 9187-1703, com Soraya Misleh

 



Escrito por integração sem posse às 18h12
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


SOB(RE) VIGILÂNCIA

Segurança tem sido a preocupação maior em São Paulo. Os governos estão de olho nos dólares

dos turistas e o melhor meio de garantir a entrada nos cofres da cidade, é vigiando tudo.
Vigiar como? Se a polícia não é onipresente, onisciente e o governo omisso?
Usando da tecnologia, filmar tudo porque não?
Com ajuda das câmeras se prende os trombadinhas, esses batedores de carteira!


  Previne sequestros, intimida os delinquentes.
  Previne invasões, os bendito sem teto terão os cabeças identificados.
  Previne vadiagem, desocupados terão de circular.
  Previne infrações de trânsito contra os carroceiros, carroças são é um perigo.


Nova Iorque, Madri, Londres, as grandes cidades do primeiro mundo são filmadas o tempo todo,

garantindo segurança e tranquilidade. Com a implantação do "Tolerância Zero" (próximo molde

a ser copiado) torna a convivência uma maravilha, graças às câmeras inocentes não morrem

confundidos com terroristas, aliás esses fazem questão de imagens, inclusive reivindicam atentados.
 

Daí a vantagem das câmeras vigiando tudo 24 horas, os moradores de rua poderão dormir em paz.
Isso permitiria melhor fiscalização sobre os ambulantes, diminuindo a pirataria de cds, dvds, côcos,

abacaxis e melancia em fatias, bem como detectarão a fumaça dos carrinhos de churrascos e

frituras de pastéis etc e tal.


  As pessoas de bem como diz o rabino, precisam de proteção e paz.

As imagens também podem ser de extrema importância para a construção de políticas públicas,

uma vez que será visível o número de desabrigados, desempregados, quantas crianças abandonadas.

Coisas que não se enxergam a olho nu. O governo não vê, a sociedade não enxerga, os políticos de

modo geral não percebem que essas pessoas estão precisando urgente de cidadania, até mesmo a

igreja não se deu conta ainda de tamanha desigualdade.


Com as câmeras filmando tudo, a ONU, a União Européia, o BID, poderão acompanhar de perto

o emprego das verbas concedidas a nós o povo, principalmente as construções populares de

habitação previstas na reforma do centro. Imagens tornarão transparente a revitalização da nossa

querida São Paulo.


O importante mesmo é saber que a GCM está por trás de tudo, monitorando com extrema

responsabilidade e competência.


AS IMAGENS NÃO MENTEM JAMAIS.

 

 

 

por Sebastião Nicomedes



Escrito por integração sem posse às 17h29
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


 

  O comitê PAZ PARA O LÍBANO convida você, seus
familiares e amigos para participarem da

Campanha de arrecadação de alimentos não perecíveis e remédios
para a população atingida pela guerra no Líbano


Dia 05/08, sábado, das 10:00 hs às 12:00 hs

Local: vão do MASP, na Avenida Paulista,  1578


Além de mantimentos e remédios, traga a bandeira do
Líbano, do Brasil e venha, de preferência, de camiseta
branca.  Também poderão ser trazidos cartazes e faixas
contendo mensagens de paz e solidariedade para com o
povo libanês.

A mobilização visa sensibilizar a mídia e a população
sobre o conflito que assola o Líbano e arrecadar
alimentos não perecíveis e remédios de primeira
necessidade.

Os artigos obtidos serão enviados à região do
conflito, sob a coordenação da Embaixada do Líbano em
Brasília.

No Líbano,  há quase 1 milhão de desabrigados devido
aos violentos bombardeios de Israel, pouco menos do
que 1/3 de sua população, que conta com 3,5 milhões de
pessoas.

Estas vítimas encontram-se sem recursos, sem
alimentos, sem remédios e isoladas do mundo. No
Brasil, onde somos a maior comunidade do mundo, temos
o compromisso, também maior, de socorrê-los.

Não se omita, sua presença e contribuição, será um
relevante gesto humanitário, que poderá salvar nossos
irmãos.



 

Realização:  Comitê  Paz  para  o  Líbano
Mais informações:
Coordenação:  Lody Brais
Tel: (11) 3251-3958
Tel/fax: (11) 3289-1851
e-mail:
nouhanader@hotmail.com



Escrito por integração sem posse às 21h04
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Onde estão as câmeras do centro

São 13 câmeras que giram 360 graus e podem aproximar objetos até 1km de distância.

O custo de R$2,7 milhões foi bancado pela gentil Telefônica (em troca de alguns anunciozinhos discretos, como de costume, na região).

Segundo o supra-prefeito Andrea Matarazzo, o próximo alvo é a avenida Paulista, que deverá receber 16 vigilantes eletrônicos até o final do ano.

por luddista



Escrito por integração sem posse às 21h01
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
 
Histórico


Votação
Dê uma nota para
meu blog



Outros sites
 MSTC - Movimento Sem Teto do Centro
 CMI - Centro de Midia Indepenente
 Instituto PÓLIS
 memefest: brasil
 Artbr
 AIH - Alianza Internazional de Habitantes
 Canal Contemporâneo
 Rabo do Dragão
 vídeo do despejo do guapira
 Onde está América Latina?
 varal fotográfico / anderson barbosa
 MTST - Movimento dos Trabalhadores Sem Teto
 apocalipse motorizado
 BLOG PRESTES MAIA
 revista rebeldía (ezln)
 ponto no espaço / mauro de souza
 Ocupantes
 Where do we go?
 Vila Itororó
 MetaReciclagem